Imagem de capa
Imagem de capa

Costa Doce Gaúcha

Extremo Sul do Brasil


Paisagem, cultura, história e pioneirismo. Essas são características dos atrativos mais importantes da Costa Doce Gaúcha, região turística que apresenta uma forte identidade histórica e cultural em soma a beleza única de suas águas e praias lagunares. Sua área é formada por 20 municípios gaúchos que foram organizados em 4 territórios, permitindo explorar os atrativos mais representativos de cada uma das partes sem perder de vista o posicionamento do conjunto, enquanto Extremo Sul do Brasil.

CANAIS OFICIAIS DO TURISMO NA REGIÃO: Facebook @visitecostadocegaucha | Instagram @costadocegaucha



Vida na Lagoa

O primeiro território objetiva enaltecer a natureza extrema, única e preservada da região. É composto por Arambaré, Barra do Ribeiro, Camaquã, Cristal, Guaíba, Santa Vitória do Palmar, São Lourenço do Sul, Sertão Santana, Tapes e Turuçu.


Pelotas Criativa

O segundo território concentra suas atividades em Pelotas, polo regional da Costa Doce Gaúcha. Sua mistura de culturas, influências e cores inspira um cenário único, que mescla passado, presente e futuro em uma combinação que atrai diversos visitantes.


Meu Pago

O terceiro território busca resgatar e representar a memória da Revolução Farroupilha, o culto as tradições, costumes e folclores do gaúcho, assim como a vida no campo. É constituído por Arroio Grande, Canguçu, Jaguarão, Morro Redondo e Piratini.


Costa do Mar

O quarto território representa a parte mais selvagem do Extremo Sul do Brasil, ao mesmo tempo rico em produção e cultura. É estabelecido por Chuí, Rio Grande, São José do Norte, Santa Vitória do Palmar e Tavares.

Descubra




Descubra


Conheça os atrativos da nossa região


Saiba mais